Skip to content

Hoje 19:00 em directo no FUTURE PLACES

by em 21/10/2011

Hoje ,Nozradio, 19:00 em directo no FUTURE PLACES 2011 – Digital Media e Local Culture
Através da Rádio Futura. Ouvir em http://futureplaces.org/radio-futura/

A primeira missão, partindo do interesse e experiências prévias do ConTactoCultural, situado no Mercado do Forno do Tijolo, ao Intendente, é criar  alicerces de expressão e diferentes ferramentas de comunicação e experimentação através do som e do medium específico da rádio.  E este sentido, a rádio como dispositivo de criação, transmissão e interacção oferece especialmente  uma possibilidade de reflectirmos sobre a realidade de uma form particular e afastada do paradigma retiniano. Uma rádio que é feita no espaço local e que envolve a comunidade e o encontro das diferentes comunidades, promove social e culturalmente o exercício da cidadania e o fortalecimento das identidades e laços culturais. Ela, na sua combinação de múltiplas vozes,  pode ser o veículo uma participação activa e diferenciadora e intervir colaborativamente no incremento da dinâmica social através do envolvimento dos jovens e de toda a comunidade. O que nos propomos é questionar e reflectir, através da dimensão sonora e  em conjunto com os participantes do projecto, drante o EVA – sobre o que é o espaço (público) e como a ideia de comunidade é inscrita ela mesma de múltiplas vozes e identidades diversas em continua circulação.

Na primeira iniciativa, propusémos sair para a rua e escolher um local – a Igreja dos Anjos – para realizar entrevistas e recolher opiniões e perspectivas. Cada um tomou a sua tarefa brilhantemente no desenho de pequenas estratégias de contacto com a comunidade local e encontrou-se com o entusiasmo dos jovenspartcipantes a oportunidade de colocar e debater questões importantes que afectam e envolvem a comunidade. No processo de ediçao do material recolhido, desenvolveram-se alianças e jogos contrastantes de micro-narrativas e testemunhos que ampliam não só a ideia de localidade concreta como também oferecem um olhar (neste caso, um ouvido e a capacidade de escutar) que pode ser traduzido de uma maneira enriquecedora.

O nosso objectivo primeiro, neste processo, foi sempre que seriam os jovens a operar e executar todas as partes do processo, desde a captura de som à edição, da montagem à condução do programa que hoje é apresentado.

Assim, hoje estaremos em directo no estúdio da Rádio Zero, no Instituto Superior Técnico, inseridos no Festival Future Places – Lugares Futuros, onde a Rádio Futura ocupa a frequência 102.1 MHz da cidade do Porto, oferecendo novas alternativas de fazer rádio – uma rádio diferente e criativa que coloca em jogo a arquitectura, a paisagem acústica e o espaço público. intersectando experiências artísticas, poéticas, narrativas e interacções sociais, promovendo o acesso dos cidadãos à criação e distribuição dos conteúdos.

O presente, a contemporaneidade (não confundamos com actualidades) só pode existir se for feito de resistência a ele mesmo. Como afirmou o filósofo Gilles Deleuze, “We do not lack communication. On the contrary, we have too much of it. We lack creation. We lack resistance to the present”. Assim começa o nosso programa através da voz de um dos entrevistados:…. não vou dizer. Oiçam.

Anúncios
Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: